:: Clarim :: - Dançaraxá movimenta a cidade mais uma vez
Radix Comunicação e Tecnologia

Araxá / MG -
Clarim

06/09/2017, às 08:58:36

Dançaraxá movimenta a cidade mais uma vez

 

Em sua 17ª edição, o Dançaraxá 2017 teve a participação de mais de 1,7 mil dançarinos vindos de 37 cidades de vários Estados do país, em agosto passado. Mais de 8 mil pessoas passaram pelo evento e puderam acompanhar as centenas de coreografias de praticamente todos os estilos de dança.

Esses dançarinos que vêm acompanhados por familiares geraram uma grande movimentação na cidade, proporcionando uma lotação em hotéis e também aumentando o fluxo em bares e restaurantes, aquecendo o comércio de Araxá. E os que residem na cidade levam familiares, amigos e parentes para o festival, gerando uma grande valorização da dança e criando animado clima de confraternização e torcida. “Nenhuma outra data no ano, seja Dia das Mães, Pais ou outros feriados gera uma movimentação e um faturamento tão grande em nosso restaurante como o Dançaraxá, com tantas pessoas e durante tantos dias seguidos”, afirma o sócio proprietário de um restaurante na cidade, Diego. “Quase todos os quartos foram locados, com 90% de lotação e um público maravilhoso, educado e cheio de curiosidade sobre nossa cidade”, destaca um gerente de hotel.

Para as promotoras Elaine Afonso Borges e Tassiana Araújo, “o evento reafirmou a sua popularidade como um dos maiores festivais competitivos de dança de todo o país, sendo referência para diversas escolas e grupos de várias cidades e regiões”. Segundo elas, o festival tem como objetivo promover o intercâmbio entre os grupos participantes, propiciando o treinamento e a capacitação de bailarinos, contribuindo para aperfeiçoamento técnico e profissionalização, bem como para a reflexão constante da atividade por meio das oficinas gratuitas, fóruns e mesas temáticas que este ano contaram com 360 pessoas inscritas e foram realizadas por grandes personalidades da área, como a Danielle Pavam (ballet), Marcela Gozzi (jazz) e Alexandre Snoop (hip-hop). Elas destacam que o evento também promoveu a diversidade cultural da arte da dança, contemplando várias modalidades como ballet clássico, ballet clássico de repertório, jazz, moderno, sapateado, danças urbanas, estilo livre e contemporâneo, para todas as faixas etárias. O público que esteve presente na abertura do festival também pôde prestigiar o belo Espetáculo “Resiliência” da Cia de Dança Eficiência de Araxá, com a coreógrafa Yasmim Araújo e com dançarino cadeirante.

Este ano, o 17º Dançaraxá teve sua entrada totalmente livre e gratuita e com acessibilidade completa. A organização solicitou a doação de forma espontânea de 1 quilo de alimento na entrada e a arrecadação de 3 toneladas de mantimentos foi doada para as instituições beneficentes Associação Lar Ebenézer e Obras Sociais Auta de Souza. O 17º Dançaraxá - Festival Competitivo de Dança foi realizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura - Governo Federal, com o patrocínio máster da CBMM, patrocínio da Fundação Rio Branco, apoio da TV Integração, Uniaraxá e Secretaria Municipal de Saúde e com a promoção da Escola de Dança Elaine & Cia e Tassiana Araújo - Promoções Artísticas.

Os premiados no 17º Dançaraxá
Melhor Grupo – prêmio de R$ 4 mil: Studio Ello de Dança, de Porto Ferreira (SP).
Melhor Bailarino – prêmio de R$ 1 mil: Breno Willian do Grupo Anjos D' Rua, de Belo Horizonte (MG).
Melhor Bailarina – prêmio de R$ 1 mil: Débora Samarino do Pas de Quatre Centro de Dança, de Contagem (MG).
Grupo Destaque – prêmio R$ 700: Pas de Quatre Centro de Dança, de Contagem (MG).

 


 
 
 
Belvedere
ACIA
John Romualdo
Salão Grill
Centro de Treinamento Cognitivo
Nutri Spa
 
Clarim